Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017  
HOME l DRA. CAMILA l CONSULTÓRIO l ESTÉTICA GENITAL l ESPAÇO DA GESTANTE l GINECOLOGIAl MÍDIA l CONTATOS
 

CONSULTORIO ESPECIALIZADO EM GINECOLOGIA, OBSTETRICIA & ESTETICA GENITAL FEMININA

 
Ginecologia voltar
 
Endometriose
DEFINIÇÃO:
É a presença de tecido endometrial em outras partes do útero ou órgãos da pelve, atingindo uma em cada dez mulheres em idade reprodutiva. Importante causa de infertilidade, podendo acometer duas em cada cinco mulheres que estão tendo dificuldades para engravidar.

ETIOLOGIA:

  • Menstruação Retrógrada
  • Fatores Imunológicos

SINAIS E SINTOMAS:

• Dor pélvica: é o sintoma mais comum, caracteriza-se por ser crõnica e progressiva;
• Dispareunia: dor no ato sexual;
• Sangramento uterino anormal: geralmente ocorre como discreto sangramento no meio do ciclo menstrual (spotting);
• Infertilidade: 20 a 40% das pacientes com endometriose têm infertilidade;
• Sintomas urinários e intestinais: pacientes com comprometimento da bexiga ou intestino podem apresentar dor ao urinar, dor lombar ou diarréia durante o período menstrual;
• Dor cíclica em cicatrizes cirúrgicas: pacientes que apresentam dor durante a menstruação em cicatriz de episiotomia ou abdominal

DIAGNÓSTICO:

• Clínico: história clínica de dor pélvica crônica associada a infertilidade;
• Exames de imagem: ultrassonografia endovaginal, ultrassonografia transretal, Ressonância Nuclear Magnética da pelve;
• Videolaparoscopia Diagnóstica: permite visualização dos focos de endometriose no ovário, paredes do útero e órgãos vizinhos;
• Histopatológico: diagnóstico de certeza, realizado através de biópsia de lesões suspeitas.

TRATAMENTO:

O tratamento da Endometriose visa melhorar a qualidade de vida da mulher e/ou aumentar as chances de gravidez. A escolha da terapia vai depender do grau de comprometimento da doença e do desejo ou não de engravidar.

• Tratamento medicamentoso: tem como objetivo o alívio da dor através da prescrição de antiinflamatórios ou terapia hormonal. Esta última age bloqueando a ação dos hormônios sobre o endométrio, proporcionando melhora clínica.
• Tratamento cirúrgico: trata-se da remoção ou cauterização dos implantes de endométrio, exérese de algum órgão pélvico (ovário, por exemplo) e até mesmo liberação de aderências pélvicas secundárias, que podem ser realizados por laparotomia ou videolaparoscopia.

==> Orientação Nutricional:uma alimentação adequada pode ajudar a reduzir os sintomas.

Evitar: leite e derivados, carne vermelha, soja

Ingerir: fibras ( frutas,principalmente as vermelhas, e vegetais ),alimentos ricos em ômega 3, vitamina E, peixes , cereais integrais e grãos.

 
 









 
Contato Rápido
Nome
E-mail
Mensagem

 

   

A clinica prevê serviços de ginecologia, obstetricia e cirurgia estetica intima feminina a pacientes da região de Olinda e Recife PE.

Copyright © 2011 - Dra. Camila Sotero-CRM: 15263/PE Desenvolvido por Doctor Virtual